Helder Resende

por que informar é preciso

Notícias de uma Sexta feira 13

Posted by resendeinforma em maio 13, 2011

No passado a Sexta-feira 13 era marcada por superstições de pessoas que faziam de tudo para se proteger do dia do medo e do terror.

Hoje a sexta-feira 13 parece ter possuído todas as datas do calendário, pois não há um dia sem notícias que causam espanto. tem de tudo, desde saidinhas bancárias a vitimas de balas perdidas durante tiroteio entre bandidos rivais bem no meio da tarde.

Porém, a sexta-feira 13 parece ter guardado para si notícias tão assustadoras quanto absurdas. vejamos:

“combate quase mortal”: Duas mães  levaram um susto quando seus filhos de 11 e 12 anos envolveram-se numa briga culminou em uma facada contra o garoto mais novo, em Salvador. Motivo da briga: o menino de 12 anos não suportou provocações após ter perdido uma partida do game “Mortal Kombat”, partiu para cima do amigo (?) e quase lhe deu um “fatality”

“Mulher não trai,mulher se vinga”: Um crime deu novo sentido ao trecho da música do grupo Aviões do forró. Homem é morto a facadas pela própria esposa em Camaçari,na Bahia. Motivo? AO fazer uma pergunta para a mulher, ohomem a chamou pelo nome da EX. Da discussão veio a facada letal no atrapalhado marido.

O que os dois fatos têm em comum? (além de terem ocorrido na Bahia?) O uso da faca nas agressões. A arma mais usada pelo assassino JAson,no filme Sexta feira 13. Qualquer semelhança terá sido mera coincidência?

Posted in Sem-categoria | 2 Comments »

E mais um apagão…

Posted by resendeinforma em março 28, 2011

Parece brincadeira, mas não é. Nesta tarde a capital baiana foi “presenteada” com mais um apagão, por volta das 13h49.

De acordo com informações da Companhia de Energia Elétrica do Estado da Bahia (Coelba), a queda de energia foi causada devido a um problema no sistema da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

Entre os bairros que ficaram sem energia estão Federação, Vasco da Gama, Brotas, Itaigara, Centenário, Rio Vermelho, Ondina, Vitória, Canela, Pituba, Vale dos Barris, Amaralina, Campo Grande, Vitória, Cidade Jardim, Barra, Lapinha, IAPI dentre outros.

E nós já podemos até esperar pelo próximo, porque é quase certo que acontecerá. O Governo bem que poderia nos dar as datas para marcarmos no calendário e não sermos pegos de surpresa. Afinal já é a quarta vez só neste ano.

Como não teremos nenhuma explicação plausível, resta-nos torcer para que o próximo também seja no período diuruno, pois as consequencias são menores. Capricha hein governo?

Até lá.

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Até quando?

Posted by resendeinforma em março 28, 2011

 

 

Outra vez uma atitude racista mancha o brilho de uma partida de futebol. Outra vez o fato ocorre na Europa, o continente “civilizado”. Mais uma demonstração de que a humanidade não evoluiu tanto quanto se gosta de pensar.

O atacante da seleção brasileira, Neymar, foi a vítima mais recente dos imbecis que se consideram melhores que outros apenas pela diferença na cor da pele. Em partida realizada na Inglaterra, o Brasil enfrentava a Escócia quando uma banana foi atirada em direção a Neymar durante um ataque da seleção.

O jogador lamentou o episodio: “Esse clima do racismo é totalmente triste. A gente sai do nosso país, vem jogar aqui e acontece isso.”

Apesar das campanhas antirracismo , mais casos como este se multiplicam pelo mundo, também além das fronteiras do futebol.

Até quando veremos atos como este acontecerem sem qualquer punição? Sobram falácias e atitudes evasivas das autoridades, como  no carnaval de Salvador, em que o cantor Márcio Vítor, da Psirico foi vitima de racismo, porem pouco se falou na midia e nada se ouviu das autoridades.

Isso é o seculo 21…

 

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Bahia retorna a elite do brasileirão

Posted by resendeinforma em novembro 14, 2010

fonte: a tarde on line

A noite do dia 13-11-10 ficará marcada na memória dos tricolores e na história do clube. Ao derrotar a Portuguesa por 3 x0  no Pituaço, o”Baêa” carimbou de vez o passaporte rumo a 1º divisão do campeonato brasileiro.

Com dois gols de Adriano”Michael Jackson” e um do capitão Nem, o esquadrão de aço deu adeus aos sete anos de azar (tempo em que ficou fora da serie A). A torcida iniciou um carnaval fora de época, com direito a trio elétrico puxado por Ricardo Chaves, torcedor tricolor.

A emoção não ficou por conta apenas da torcida. O lateral Àvine, cria da casa, chorou como um bebê, após o apito final do árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden. “Consegui subir o Bahia da série C para a B e agora da B para A”, desabafou entre prantos.

Tricolores fizeram a festa e o melhor, desta vez ningúem invadiu o campo, o esquadrão não corre risco de punição, como em tempos passados.

fonte: a tarde on line

13 de novembro de 2010: o Bahia finalmente retornou ao seu lugar de direito. Parabéns ao elenco tricolor, a comissão técnica e a imensa nação tricolor, que sempre apoiou o time e nunca deixou de acreditar no retorno à elite. Vibra torcedor e gritem juntos “bora Baêa minha P…”

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Brasil elege primeira mulher presidente

Posted by resendeinforma em novembro 1, 2010

A ex-ministra da Casa Civil,Dilma Rousseff é eleita a primeira mulher presidente do Brasil. A candidata do PT obteve 56% dos votos enquanto o candidato do PSDB, José Serra, atingiu 44%.

Rousseff jamais disputou eleição para qualquer cargo público, mas sua candidatura ganhou força graças a presença de seu principal cabo eleitoral, o presidente Luís Inácio, figurinha fácil em sua campanha.

Em seu primeiro pronunciamento após eleita, Dilma agradeceu o apoio do presidente Lula, dedicou a vitórias as mulheres e reafirmou compromisso com o social, com as instituiçoes democráticas e com o desenvolvimento sustentável.

A corrida presidencial foi marcada pela ausencia de propostas claras e muita baixaria sobretudo pela internet. Esta mais acentuada no 2º turno, com e mails recheados de calúnia e difamação contra os candidatos, tendo sido Dilma a mais atingida pelos ataques.

Todavia tanto a candidata eleita quanto o candidato derrotado trocaram cumprimentos mútuos em seus pronunciamentos pós pleito.

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Dia de sufrágio…e de sufoco!

Posted by resendeinforma em outubro 3, 2010

 

Hoje foi o dia de escolher os futuros governantes pelos próximos quatro anos (oito para senador). Como todos os veículos e meios de mídia abordaram a ida as urnas, resolvi então enfocar o outro lado da “festa” da democracia (ninguém nunca usou este termo antes…)

Logo na porta de casa deparei-me com uma enxurrada de papéis com nomes de candidatos- os famosos santinhos (não seriam capetinhas?). Durante todo o percurso até minha zona eleitoral muito mais sujeira e pessoas fazendo a proibida boca de urna.

O eleitor consciente evitou votar em candidato que descumpre a lei e promove a boca de urna. Em meio a todo este caos ainda era preciso enfrentar outro problema: com a suspensão da Lei seca em Salvador, donos de bares ocuparam as calçadas com mesas (isso mesmo!), bloqueando a passagem em favor de quem resolveu festejar a democracia ao lado de uma cerveja gelada…

Isso não é tudo: para completar o sufoco ainda era preciso suportar as tentativas de deixar o eleitor surdo, por parte daqueles que utilizavam seus mini-trios elétricos em decibéis inimagináveis e com “músicas” que fizeram a fama das mulheres-frutas e é claro, o nosso pagodão (leia “axé”, caso você não seja baiano).

Ante a todos estes problemas não deixei de exercer a minha cidadania (mesmo porque este é um “direito” obrigatório), torcendo para que não tenhamos que enfrentar uma ressaca após a “festa” democrática. Principalmente porque essa ressaca dura quatro anos….

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Infortúnio

Posted by resendeinforma em setembro 8, 2010

 

Em países civilizados, pessoas civilizadas comemoram a independência de sua pátria com orgulho e respeito que a data merece. No Brasil o dia da independência é só mais um feriado.
Neste ano o 7 de setembro é um feriadão e muitos viajam para aproveitar a praia, o dia de lazer.
Entretanto em Salvador, para muitos cidadãos a data, aliás, todos os feriados e finais de semana, ganha sinônimo de inferno. E o motivo é um só: pessoas mal-educadas que não sabem aproveitar o seu dia sem invadir a privacidade de outros.
Algo comum em salvador, jovens atropelam o bom-senso e arrasam todos os níveis toleráveis de decibéis com “músicas” de gosto altamente duvidoso, seja em bares ou em frente a suas próprias casas. O carro popular transformado em um trio elétrico anima a bebedeira desenfreada que dura o dia todo e faz o infortúnio de quem tem tal criatura como vizinho.
Para meu azar, um desses “seres ignóbeis” mora exatamente na casa ao lado. Azar da vizinhança, pois todos sofrem com os níveis exacerbados dos decibéis do equipamento de som instalado no veículo, dividido em suaves 37 prestações; com a “música” tocada e claro, com a grosseria da tribo de “obtusos”.
Por que o som precisa ser tão alto? Eu sou obrigado a saber que o fulaninho da rua tal gosta de “mexer o balaio”, “botar as mãozinha no chão, levantar o b… pro alto” e do “rebolation”?
Pode destruir seu fígado, preparar o caminho para a cirrose e ouvir música brega no processo, ok eu não ligo, mas por que me incluir? Faço tanta questão de evitar essas pessoas justamente para ser excluído de tais confraternizações.
Eu deveria ter cumprido meu dever cívico e me juntar aos milhares de soteropolitanos que foram assistir ao desfile das forças armadas, mas não… tinha que ficar em casa para assistir a maratona de filmes da Rita Cadilac…

Posted in Sem-categoria | 1 Comment »

Adeus Fonte Nova, até breve!

Posted by resendeinforma em agosto 30, 2010

110 mil na Fonte em partida contra o Fluminense, no brasileirão de 1988. fonte: A TArde

Um domingo de nostalgia e despedida para os torcedores baianos. Isso porque o dia marca a implosão do estádio Octávio Mangabeira.
Alguns amigos consideram esta data a segunda “morte” da Fonte Nova, para mim, entretanto, hoje enfim a velha Fonte teve sua merecida cerimônia fúnebre.
 Palco de incontáveis alegrias, a Fonte Nova pereceu graças ao descaso de seus gestores. Viveu seu derradeiro capítulo no dia 25 de novembro de 2007, quando parte da arquibancada do anel superior cedeu, provocando a morte de 7 torcedores do Bahia, na partida que garantiu o acesso do tricolor baiano à séria B do campeonato Brasileiro após empate sem gols com o Vila Nova.
Contudo a mácula na história deste gigante guerreiro não ofusca seu brilho, não diminui sua importância em nossos corações. Há três anos a Fonte Nova se foi, mas só neste domingo (29 -08) pudemos dar-lhe o último adeus, já com a esperança e expectativa do reencontro, estimado para dezembro de 2012, quando nosso amigo ressurgirá glorioso, pronto para sediar os jogos da Copa das Confederações em 2013 e finalmente a Copa do Mundo em 2014. Partidas à altura da grandeza deste estádio de 59 aninhos.

Ali dividimos momentos felizes que jamais serão esquecidos: o título brasileiro do Bahia em 1988, com a “elegância sutil” de Bobô; a magistral campanha do Vitória no campeonato brasileiro de 1993, quando o leão quase foi campeão, com o super time que revelou Alex Alves, Dida e Vampeta.
Algumas tristezas também fazem parte da história, como o primeiro vice campeonato nacional do vitória, diante do Palmeiras, a queda do Bahia para a segunda divisão, ao ser goleado por 7X0 pelo Cruzeiro e o fatídico domingo de 2007
Estive no estádio em quase todos estes momentos. Meu pai levava a mim e a meu irmão caçula para aprendermos o prazer que só um jogo de futebol pode proporcionar. Anos mais tarde nos decidimos por nossos times do coração.
A partir de agora começa a contagem regressiva de todos os torcedores baianos, para o reencontro com a nova Fonte Nova, estimado para dezembro de 2012.
A copa do Mundo vem aí e a velha fonte deve ressurgir ainda mais gloriosa. Que o tempo faça o de sempre: voe e não nos deixe sofrer tanto de saudades.
Adeus velho amigo! Até breve.

Posted in Sem-categoria | 1 Comment »

Jabulani, a artilheira da copa

Posted by resendeinforma em junho 22, 2010


Em uma copa do mundo morna, com muitos jogos entediantes e de poucos gols (com apenas 3 exceções), um nome tem se destacado na artilharia: Jabulani.
A bola “sobrenatural” está fazendo muitos goleiros deste mundial corar de vergonha, ao engolirem frangos monumentais (ou falhas, como prefere o goleiro da seleção, Júlio César). A última vítima, ao menos até a postagem deste texto, foi o goleiro da seleção de Gana, Kingson.
A Jabulani, que no idioma zulu significa celebração, comemoração, é fruto do que existe de mais moderno em tecnologia aplicada ao futebol; não tem costura, é mais leve e mais rápida que outras bolas e por isso faz muitos desvios em sua trajetória.
O objetivo desta bola era ajudar os atacantes a balançarem as redes no mundial, contudo, ante tamanha ineficiência, a sobrenatural Jabulani resolveu aprontar. Entre suas vítimas estão os goleiros do Japão, Argélia e da Inglaterra.
Entre tantos jogos duros de assistir, os “poderes” da Jabulani tornaram-se atração à parte no mundial 2010.

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

Será que agora ele se cala?

Posted by resendeinforma em junho 17, 2010

Nos últimos dias uma campanha divulgada na internet ganhou tanta força que chamou a atenção dos principais meios de comunicação.

A campanha “Cala a boca, Galvão” teve início no twitter, por brasileiros que já não agüentam mais a histeria tresloucada do narrador da Rede Globo Galvão Bueno, bem como seus incessantes (e irritantes) comentários extra jogo, durante a transmissão.

Devido a uma pegadinha criada para atrair seguidores estrangeiros, o brado e a esperança de 11 entre 10 brasileiros ganhou destaque na imprensa internacional, todavia, a mesma brincadeira pode ter sido um tiro no pé, diluindo a “ideologia” da campanha.

No estilo “se não pode vencê-lo junte-se a ele”, a Globo e o próprio Galvão Bueno “aderiram” à campanha, existente há algum tempo na net e solenemente ignorada por ambos. O programa Central da copa abordou o tema e apresentadores e convidados gritaram “Cala a boca, Galvão”, tudo em tom de brincadeira, claro.

Para obter sucesso, aqueles que aderiram virtualmente à campanha e aqueles que engrossam o coro no sofá de suas casas devem usar uma arma mais letal: o controle da TV. Se todos mudarem de canal, a audiência do “inimigo” cairá e este é o único golpe que a Globo não perdoa. Só assim é que Galvão seria calado (pois espontaneamente é impossível)
Como desgraça pouca é bobagem, ao trocar de canal ficamos todos expostos aos comentários furibundos e muitas vezes ignóbeis do “craque” Neto.

Aí talvez chegue a hora de resgatar um velho ( porem eficaz) slogan em uma nova campanha: Neto, ¿?por qué no te callas?¿

Posted in Sem-categoria | Leave a Comment »

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.